COVID-19:A INFECÇÃO RESPIRATÓRIA AOS DISTÚRBIOS CARDIOVASCULARES

Autores

  • Kethelyn Freitas Pessanha
  • Liliane Ferreira Alexandre
  • Anna Carolina Moreira de Souza
  • Gabriela de França Ribeiro Espíndola
  • Fernanda Gomes de Oliveira Nogueira
  • Marta Cristina da Cunha Rodrigues

DOI:

https://doi.org/10.29184/1980-7813.rcfmc.380.vol.16.n1.2021

Palavras-chave:

Coronavírus, SARS-CoV-2, cardiovascular, hipertensão

Resumo

A COVID-19 é uma doença causada pelo SARS-CoV-2, o vírus responsável pela atual pandemia de grande preocupação para a saúde pública global. A infecção viral da COVID-19 é altamente virulenta e patogênica, sendo transmitida pela inspiração ou contato com gotículas infectadas. O tropismo do vírus por vias aéreas é devido à glicoproteína S presente em sua estrutura que reconhece os receptores ECA2, localizados principalmente em pneumócitos tipo 1 e tipo 2, na borda em escova das artérias proximais e veias de todos os tecidos, além das células do músculo liso arterial, explicando a correlação do SARS-CoV-2 com o sistema cardiorrespiratório. A infecção por SARS-CoV-2 gera diminuição da função desta enzima e, consequentemente, um aumento da predisposição a condições inflamatórias. Além disso, é importante enfatizar o papel da ECA2 na conversão da angiotensina 2 em 1-7, tendo também relação com o mecanismo de controle da pressão arterial através do sistema renina-angiotensina-aldosterona. Pacientes com comorbidades cardiovasculares, como hipertensão arterial e doença coronariana, tendem a apresentar um pior prognóstico. Adicionalmente, a COVID-19 também gera efeitos danosos sobre o sistema cardiovascular. Embora não tenham sido padronizados tratamentos específicos, medicamentos ou vacinas para a infecção por SARS-CoV-2, alguns fármacos podem atuar na melhora do quadro sintomatológico do paciente. Nesta revisão, destacamos a interação da infecção com o sistema cardiovascular além de apresentarmos aspectos estruturais e de transmissão do vírus, os mecanismos de infecção, manifestações clínicas e os medicamentos utilizados até então para tratamento dos sintomas. 

 

Downloads

Publicado

2021-04-30

Edição

Seção

Artigos de Revisão