INFLUÊNCIA DO ESTRESSE NA IMUNIDADE: REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

Autores

  • Amanda Magnago Faccini Faculdade de Medicina de Campos
  • Bianca Motta da Silveira
  • Rylari Tavares Rangel
  • Valmir Laurentino Silva Faculdade de Medicina de Campos FMC

DOI:

https://doi.org/10.29184/1980-7813.rcfmc.312.vol.15.n3.2020

Palavras-chave:

imunidade, estresse, cortisol.

Resumo

Introdução: O estresse é um quadro de distúrbios físicos e emocionais provocado por diferentes tipos de fatores que alteram a homeostase e esse desequilíbrio pode resultar em doenças. Objetivo: Este estudo tem como objetivo avaliar as propriedades gerais da imunidade, os agentes estressores, os hormônios envolvidos e a resposta imunológica ao estresse. Métodos: Um estudo baseado em revisão bibliográfica em bases de dados da internet e sites de buscas de artigos científicos. Discussão: Nota-se uma mudança na medicina e no entendimento de que muitas das doenças de acúmulo de danos podem ser causadas ou agravadas pelo estresse. Alterações psicológicas e comportamentais estão associadas a alterações fisiológicas, evidenciando a comunicação entre os sistemas imune, endócrino e nervoso durante o estresse. Conclusão: O estresse é uma resposta fisiológica do corpo em necessidades especiais, entretanto, devido a cronificação deste no mundo globalizado, nos deparamos com um aumento significativo no número de patologias ligadas aos hormônios envolvidos com o estresse crônico.

Downloads

Publicado

2020-12-21

Como Citar

Faccini, A. M., da Silveira, B. M., Rangel, R. T., & Silva, V. L. (2020). INFLUÊNCIA DO ESTRESSE NA IMUNIDADE: REVISÃO BIBLIOGRÁFICA. Revista Científica Da Faculdade De Medicina De Campos, 15(3), 64–71. https://doi.org/10.29184/1980-7813.rcfmc.312.vol.15.n3.2020

Edição

Seção

Artigos de Revisão