REAÇÃO DE HIPERSENSIBILIDADE À CARBAMAZEPINA ASSOCIADAA QUADRO CLÍNICO SEVERO: RELATO DE CASO

  • Maurício Assis Rodrigues Faculdade de Medicina de Campos
  • Fabiano de Souza Santos Filho Faculdade de Medicina de Campos
  • Oscar Lara Rocha Junior Hospital Escola Álvaro Alvim
  • Carlos Eduardo Faria Ferreira Faculdade de Medicina de Campos
Palavras-chave: Carbamazepina, Efeitos Colaterais, Reações Adversas a Medicamentos, Anticonvulsivantes

Resumo

Introdução: A carbamazepina é um anticonvulsivante aromático amplamente utilizado para o tratamento de crises convulsivas e transtorno bipolar, já tendo sido verificadas reações de hipersensibilidade. Objetivo: Relatar caso de reação de hipersensibilidade à carbamazepina. Relato de Caso: Paciente do sexo masculino, branco, 49 anos, foi admitido na clínica médica apresentando episódios de febre e erupções cutâneas exantemáticas em tronco, face e membros. Possui histórico de tratamento psiquiátrico, fazendo uso regular de medicamentos psicoterápicos como rivotril, pimozida e carbamazepina. Após discussão do caso, a equipe multidisciplinar do hospital discutiu a possibilidade de hipersensibilidade à carbamazepina e solicitou a suspensão da droga. Após esta conduta, no decorrer de poucos dias evoluiu com regressão total dos sintomas. Conclusões: As reações de hipersensibilidade a medicamentos representam um problema de saúde pública. A identificação precoce destas reações minimiza o sofrimento do paciente, reduz gastos públicos com internações e promove melhor acesso à saúde pela população em geral.

Biografia do Autor

Maurício Assis Rodrigues, Faculdade de Medicina de Campos

Biólogo do XY Diagnose Laboratório de Biotecnologia; Acadêmico do Curso de Farmácia da Faculdade de Medicina de Campos.

Fabiano de Souza Santos Filho, Faculdade de Medicina de Campos

Acadêmico do Curso de Farmácia da Faculdade de Medicina de Campos.

Oscar Lara Rocha Junior, Hospital Escola Álvaro Alvim

Médico Infectologista do Hospital Escola Álvaro Alvim.

Carlos Eduardo Faria Ferreira, Faculdade de Medicina de Campos

Farmacêutico Chefe da Farmácia do Hospital Álvaro Alvim; Professor do Curso de Farmácia da Faculdade de Medicina de Campos.

Publicado
2016-08-01
Seção
Relato de Caso